O Destino de Júpiter

junho 17, 2015



Cheguuueeeiii meninas!


Mais um resenha de filme, certo que eu não sou uma especialista, mas gosto de dar opinião, ou no caso, mostrar minha opinião. Desde a estreia do filme "O Destino de Júpiter" estava louca para assistir, já que envolve vários temas que eu gosto, ação, aventura, ficção científica.

No filme conhecemos Júpiter Jones descendente de uma linhagem real (Abrasax), no qual sua herança é o posto de "Rainha do Universo". Como em toda história, ela segue com sua vida normal, trabalhando como empregada doméstica nos EUA, após sua mãe deixar a Rússia. Ai a história muda quando acontece algumas coisas inexplicáveis e por conta desses acontecimentos acaba sendo salva por Caine, um ex-militar com DNA geneticamente alterado, no qual sua missão é protegê-la.
Quando assisti o trailer, fiquei encantada, além de ter algumas cenas engraçadas que envolvem Caine (Channing Tatum) e Júpiter (Mila Kunis). Cenas de ação são bem "iradas", sério, eu fiquei surpresa com algumas cenas. Mas em si, a história, é bem fraca. Eu esperava mais informações e que explicassem mais sobre a descendência dela.

Além disso, como já citei, há cenas engraçadas, uma delas é quando ela vai registrar "sua descendência" e a burocracia espacial é pior que a da terra. Além da cena que ela demonstra seu sentimentos de uma forma irônica, mas não vou contar o filme. Tirando a cenas bem engraçada, o filme em si não deu muita atenção a história principal, e deixou muito vaga referente a descendência dela.

Tirando isso, as cenas de lutas são incríveis, eu não descobri quem realmente era o inimigos, mas odiei todos que pertencem a Abrasax. Outro detalhe que não pude deixar despercebido foi os figurinos que simplesmente me encantou, detalhes maravilhosos.
Sinopse: Júpiter Jones nasceu sob um céu noturno, com sinais de que estava destinada a algo maior. Agora já crescida, Júpiter sonha com as estrelas, mas acorda para a fria realidade do seu trabalho de limpar banheiros e uma sequência infindável de infortúnios. É somente quando Caine, um ex-caçador militar geneticamente modificado, chega à Terra para localizá-la, que Júpiter começa a vislumbrar o destino reservado a ela desde o início – sua assinatura genética a marca como a próxima na fila para uma herança extraordinária que poderia alterar o equilíbrio do cosmos.
O filme não está mais no cinema, mas mesmo assim, eu recomendo que vejam. Mesmo sendo com uma história fraca, há cenas que salvam o filme. Então, não é uma completa decepção como disse meu "irmão".

xoxo!


  • Share:

You Might Also Like

0 comentários