8 de fev de 2016

Minha Vida Fora de Série - 3ª Temporada

Uma das coisas que eu sempre gosto de fazer é ler, e quando leio me imagino no lugar de todas as personagens, mocinhas e até mesmo as vilãs. Mas dessa vez vim resenhar um livro que virei a madrugada para terminar de ler, e posso dizer, ainda estou chorosa com os acontecimentos.

Minha Vida Fora de Série conta um pouco sobre o amor de Priscila e Rodrigo (acreditem, eu não gostava desse nome, mas me lembrei desse personagem e deixei de lado a rixa). Priscila é uma ruiva (ops), morena que é altiva, cativante e super de boa com a vida e que iniciou seu namoro aos 13/14 anos (resenhei o primeiro livro, se quiser ver, está meio fraquinha), mas agora aos 19 anos ela precisa lidar com a vida de adulta, responsabilidades e que o seu namoro com o Rodrigo está cada vez mais sério.

Mas no meio de todas essas adaptações novas, ela se vê em um sonho ou realidade maravilhosa que é conhecer os estudios de sua séries favoritas, ou seja, um mês em Los Angeles com a sua amiga Fani (lembra dela do Fazendo Meu Filme?), mas ela tem a oportunidade de passar as férias e aniversário em um lugar totalmente mágico. Mas ao decidir que ia, coloca sua felicidade em jogo, afinal, muitas coisas aconteceram, inclusive uma mudança de vida, ou talvez seria, uma mudança de cidade.

Com isso ela precisa tomar decisões que podem simplesmente acabar com seu namoro de anos, mas nada que o seu querido amado não faça por ela, Rodrigo, seu fiel amigo (encantador, apaixonado, awn...) e decidi que a seguiria onde quer que ela vá, claro, tendo alguns problemas no caminho e ambos são obrigados a se separar, temporariamente podendo se ver apenas nos feriados e em poucos finais de semana.

Confesso que já passei com isso (um relacionamento que tive, não considero um namoro, mas tive essa experiência) e sei o quão ruim é. Mesmo com esses problemas o relacionamento segue firme e forte, mas sabe como é o destino, sempre tem algo para fazer.

Eu mesma fiquei intrigada com o que aconteceu, claro, eu já esperava que isso fosse acontecer, mas como eu queria que não acontecesse. Priscila simplesmente se sente perdida e sozinha, assim como Rodrigo que baseava sua vida com ela. O final deles (spoiler)...

Separado foi completamente maduro, pelo menos da parte do Rodrigo, ele soube ouvir, mas entender foi complicado, comparado ao outro romance, Fani e Leo, me senti muito mais triste do que na época que li o 3 livro da série. Sério, eu não esperava que ele fosse tão maduro. Mas voltando, eu sei que muitas coisas aconteceram e o ambos tomarão decisões para que o que aconteceu tenha desencadeado os problemas, mas nossa, ainda não estou sabendo lidar (talvez eu tenha me identificado com algumas cenas).

Mas continuando acho que o romance, a história simplesmente me encantou e me desanimou um pouco, eu meio que estou (na foça), mas ao ver o termino de namoro deles, piorou. Mas não vamos falar de mim e sim em como o livro é bom, como a Paula continua cativando os leitores. Ouvi criticas ruins sobre o livro, mas posso dizer que não me decepcionei, o romance ainda é tranquilo, simples, mas ainda enfeitiça muito o leitor.

Mas claro, há as citações que nos encantam e simplesmente transforma e deixam a nossa curiosidade a tona. Por isso decidi destacar uma frase do livro que foi baseada em um dos seriados que eu amava ela.

"Se você pudesse voltar no tempo e mudar apenas uma coisa na sua vida, você mudaria? E se fizesse isso, será que essa mudança tornaria a sua vida melhor? Ou será que ela acabaria partindo o seu coração? Ou partindo o coração de outra pessoa? Ser´que você escolheria um caminho totalmente diferente?Ou mudaria uma única coisa? Um único momento? Um momento que você sempre quis ter de volta?” (One Tree Hill)

Isso torna as coisas mais interessante, muitas mudanças aconteceram, e resta nós aguardar os próximos capítulos dessa história. Como já sabem, ele é escrito pela Paula Pimenta, e publicado pela editora Gutenberg. E super recomendo que conheçam essa série e se apaixonem pelos personagens, principalmente pelo Rodrigo, rs.


xoxo!






Nenhum comentário:

Postar um comentário